shopping-bag 0
Items : 0
Subtotal : 0,00
View Cart Check Out

SC Beira-Mar na Wings For Life World Run 2016

wfr3Teve lugar no passado Domingo o evento que reafirma a corrida como um evento global e, neste caso, realmente solidário: a Wings for Life World Run.

Este evento mundial, que se inicia simultaneamente em 34 países, espalhados por 6 continentes, faz reverter a totalidade do valor das inscrições para a pesquisa da cura para as lesões da espinal medula. O evento é organizado pela Red Bull, com os apoios principais da Garmin, Puma e BF Goodrich.

Além da partida simultânea em todo o mundo, esta prova tem uma outra particularidade: não tem meta, ou seja, à partida ninguém sabe exactamente quantos kms ou durante quanto tempo irá correr. 30 minutos após a partida dos atletas, parte um carro-meta, que à medida que vai apanhando os participantes vai terminando a sua prova. Este carro parte com uma velocidade determinada, que aumenta em momentos predefinidos, sendo estas acelerações simultâneas em todo o mundo. De referir que não há prémios monetários, sendo que o único prémio a que os vencedores têm direito é à possibilidade de, no ano seguinte, correrem a Wings for Life no país que quiserem. Os vencedores nacionais de 2015 escolheram os Dubai e o Canadá como destinos para este ano.

wfr4A Secção de Atletismo do S. C. Beira-Mar, juntamente com a Primus Vitoria, criaram uma equipa de 20 elementos para marcar presença nesta enorme festa solidária mundial, tendo desta forma contribuído na angariação de €6,6 milhões para ajudar a encontrar soluções/curas para os problemas da espinal medula.

Este grupo era constituído por atletas do S. C. Beira-Mar e por pessoas de origem e experiência diversas. O lema desta prova é “correr por quem não pode”, e foi isso que fizemos!

Embora a vertente competitiva não fosse a principal motivação, neste grupo de 20 pessoas (atletas do Clube, atletas de outros Clubes, corredores ocasionais, etc.), os resultados foram ainda assim bastante interessantes… De forma resumida, a Miriam Martins (atleta SCBM) venceu o escalão F18, o Cesar Barros (atleta SCBM) foi 2º classificado no escalão M25, o Paulo Ferreira (convidado) foi 3º classificado no escalão M35, o Alex Tondela (atleta SCBM) foi 3º classificado no escalão M40 e o Rui Melo (atleta SCBM) foi 5º classificado no escalão M30, tendo sido o melhor classificado do grupo conseguindo ser 17º na classificação Geral Nacional.

Regressámos do Porto com o espírito de dupla missão cumprida – contribuir para esta causa e divertimo-nos enquanto o fazíamos.

O nosso muito obrigado à Primus Vitoria pelo apoio na concretização deste projecto!
Juntos, corremos pelos que não podem!

Juntos Somos Beira-Mar!
#BMatletismo