shopping-bag 0
Items : 0
Subtotal : 0,00
View Cart Check Out

Juniores alcançam o topo da tabela classificativa

2ª Divisão Juniores A Série C – 7ª Jornada

UC Eirense 2 X 3 SC Beira-Mar

Equipa:
João Pedro (Henrique, 35`), Daniel Martins, Saragoça (c), Rocha, Becas, Girão, Claro, Gonçalo, Berna (Xavi, 75`), Gerson e Lasca (Serginho, 60`)

Suplentes não utilizados:
Amaral, Cláudio, Tomas e Coutinho.

Golos: Gerson (2) e Lasca.

Jogo que colocavam frente a frente as duas equipas que ainda não tinham perdido nesta série do campeonato nacional da 2ª divisão de juniores. Portanto, esperava-se um jogo bastante interessante em que as duas equipas iam lutar por continuar com esse estatuto de invencível.

Na primeira parte, o Beira-Mar exerceu um domínio absoluto, estando sempre com a bola na sua posse, fazendo o adversário correr muito e se desposicionar para entrar no seu sector mais recuado. E foi desta forma e com naturalidade que as ocasiões foram aparecendo até ao primeiro golo. Golo esse marcado por Gerson, aproveitando uma insistência pela direita. O Eirense com um futebol muito prático, tentava sempre procurar as costas da defesa, aproveitando a velocidade dos seus dois homens da frente. O intervalo chegava com a turma da Aveiro na frente do marcador, o que era bastante justo para o espectáculo que se via em campo.

No segundo tempo, o Eirense entrou determinado em chegar ao empate e colocou mais gente na frente. Com isto, conseguiu bombardear o sector defensivo do Beira-Mar que ia resolvendo as situações sem grandes problemas. Mas este jogo, fez com que o Eirense estivesse mais perto da baliza, agora defendida de Henrique, que entrou a substituir João Pedro que se lesionou no primeiro tempo, e foi conquistando algumas faltas e pontapés de canto, o que acabou mesmo por ditar o empate, através de um desses cantos, em que após ganhar um ressalto a bola sobrou para um jogador na pequena área que se limitou a encostar a bola para o fundo da baliza. O Beira-Mar não se deixou importunar por esse lance de infortuna, e logo a seguir reagiu numa jogada colectiva que acabou com uma grande finalização de cabeça de Lasca a centro de Gonçalo.

O Eirense ainda lutava mas era sempre a equipa de Aveiro mais esclarecida, que estava sempre mais perto de fazer o terceiro golo. As oportunidades sucediam-se e numa delas quando Gonçalo ia empurrar para dentro da baliza, foi travado em falta e foi assinalado o respectivo penalty. Gerson mais uma vez, não perdoou e o jogo ficou mais perto de ficar resolvido. Contudo, este jogo fica marcado por no último minuto de jogo, um choque violentíssimo de um defensor do Eirense com o seu próprio Guarda-Redes, a levar à interrupção da partida por um longo período de tempo, pois o atleta teve mesmo de ser socorrido pela chegada da ambulância. Havia ainda 5 minutos para jogar, e a longa interrupção adormeceu a equipa do Beira-Mar, que nesse mesmo tempo jogou com um a mais, mas ainda assim facilitou e no último lance a equipa do Eirense reduziu para a margem mínima com que se chegou ao fim da partida.

Boa arbitragem numa tarde em que o Beira-Mar foi claramente o justo vencedor, e que alcançou o topo da tabela classificativa com um ponto a maior do Académico de Viseu.

#OrgulhoAuriNegro
#FutebolBeiraMar