shopping-bag 0
Items : 0
Subtotal : 0,00
View Cart Check Out

Bruno Gonçalves no Portugal Performance Mentorships

bruno3

O Preparador Físico da equipa Sénior de Futebol, Bruno Gonçalves, integrou na semana passada, no Estádio Nacional, o Portugal Performance Mentorships, organizado pela EXOS, uma das maiores entidades mundiais e com maior reputação na área da performance humana.

O site do SC Beira-Mar, convidou o Bruno a falar desta experiência tão enriquecedora e como pode ela ajudar na preparação física dos nossos atletas.

Bruno, como surgiu a oportunidade de fazeres este curso?
Este era um daqueles cursos que tinha planeado fazer há algum tempo atrás, em Portugal apenas se realizou no ano passado, e por motivos profissionais não consegui estar presente, com esta 2ª edição não poderia deixar de estar presente. Provavelmente a melhor formação que realizei até hoje, com dois dos melhores formadores com quem tive a oportunidade de partilhar conhecimentos, e esclarecer algumas dúvidas e mitos relacionados com o treino do futebolista.

bruno2

Quais os teus grandes objetivos?
O meu maior objetivo é passar a mensagem de que o treino do atleta não pode nem deve ser apenas o especifico da modalidade. Tem de existir um trabalho paralelo de optimização dos aspectos mais débeis de cada um. Seja preventivo ou corretivo, isso depende de cada atleta.

A preparação física é uma atividade sempre em desenvolvimento, de que forma é que é possível maximizar a performace dos atletas?
A maior aprendizagem é a que toda a gente sabe, mas que ninguém faz, temos de fazer o mais simples muito bem. A dificuldade é saber trabalhar o que é simples, e é isso que estamos a tentar fazer este ano no nosso plantel.

Quais as diferenças entre a preparação entre atletas ditos amadores e profissionais?
A meu ver, a preparação não difere assim tanto, afinal são todos humanos. O que difere é sim o tempo e a disponibilidade que os profissionais tem para se preparar. Enquanto um amador tem de treinar depois de um dia de trabalho não é fácil. Mas mais uma vez cabe á equipa técnica perceber as debilidades do plantel, entender as características de cada atleta para que no dia a dia se trabalhe de acordo com as necessidades de todos e tirar o maior proveito de cada atleta em prol da equipa.

bruno1

Do que “aprendeste” o que gostarias de desenvolver, no imediato, no Beira-Mar?
Nós estamos sempre em constante aprendizagem, felizmente o mister dá-me liberdade total para trabalhar o que achamos ser mais necessário com cada atleta. Por isso o que eu mais quero é continuar a trabalhar na prevenção e optimização da performance dos nossos jogadores. Iniciamos a época com muitos jogadores lesionados, mas felizmente já conseguimos recuperar todos. A ideia é que consigamos evitar as lesões, e sempre que possível trabalhar com cada um aquilo que mais necessita, seja velocidade, aceleração, impulsão, etc, etc, neste campeonato vai ser determinante.

#FutebolBeiraMar
#OrgulhoAuriNegro