shopping-bag 0
Itens : 0
Subtotal : 0,00
Ver carrinho Check Out

Basquetebol – A história de uma vitória épica!

Sub18_Basket

A vitória frente ao Vasco da Gama, para a segunda jornada do Nacional de Sub18 teve contornos épicos, a com a nossa equipa a recuperar, no último período, uma desvantagem de 18 pontos. Eis a história, pelo testemunho do treinador Rui Resende!

A fase do Nacional já começou e em dois jogos o Beira-Mar ganhou os dois. Eram vitórias expectáveis?

Com este grupo podemos esperar sempre o melhor. Claro que podemos perder, mas somos ambiciosos. Na época passada não perdemos nenhum jogo em casa, tanto em competições distritais como em nacionais e nesta época temos o mesmo desejo. Sabemos que será muito difícil, já que no campeonato nacional estão equipas muito fortes…não haverá jogos fáceis! Ganhámos os 2 mas por 1 e outro por 4 o que demonstra o equilíbrio entre as equipas.

Contra o Vasco da Gama, o jogo teve tudo para correr mal, com o Beira-Mar a perder por 18. Pode nos contar como foi virar um resultado desses? Qual o segredo?

Não há segredos… Temos jogadores fortes a nível mental. Até aos 30Minutos o jogo estava equilibrado, mas no início do 4° período o Vasco marcou 5 triplos…só que os nossos jogadores não desistiram. Corrigimos na defesa e fomos mais eficazes. Com o jogo a 57-72 conseguimos fazer um parcial de 15-0. Por isso o basket é fantástico.

Os jogadores que estavam em campo e os do banco são os grandes responsáveis. Temos um grupo muito unido onde cada um sabe o papel que tem na equipa.

Sabendo que estamos na fase onde estão todas as melhores equipas do país, quais os objetivos para a mesma?

Os objetivos para a nossa equipa passam por ir à final nacional. Mas vamos pensar jogo a jogo. Queremos ganhar os jogos todos em casa e fora sempre que possível. São as equipas mais difíceis e os jogos mais exigentes que fazem evoluir mais e melhor os nossos atletas.